Select Menu

Join Us

Random Posts

Design

Artigos

Imagens

Propagandas

Entretenimento

Vídeos

Humor

» » Casos de erros médicos

Uma senhora de 67 anos precisava fazer uma cirurgia no cérebro. Ao invés disso, ela foi operada no coração para um estudo de eletrofisiologia. 

Durante a cirurgia, o médico recebeu uma ligação de um outro médico perguntando o que ele estava fazendo com sua paciente..só aí ele percebeu o erro.






 

Em 1995, o Americano Willie King precisou amputar uma de suas pernas. Uma sucessão de erros levou a equipe médica a amputar a perna boa de Willie, quando perceberam o erro, já era tarde demais.

Ele recebeu mais de 1 milhão de dólares de indenização pelo erro.


  

Donald Church passou por uma cirurgia para retirada de um tumor, o tumor foi retirado com sucesso..o problema é que o médico esqueceu um afastador de 33 cm dentro do paciente.









Jésica Santillián foi uma vítima fatal de um erro médico, ela realizou um transplante de coração e pulmão mas acabou recebendo os orgãos de um doador com sangue diferente do seu.












Quando a Norte Americana Nancy Andrews, de origem hispânica, engravidou através da fertilização “in vitro”, ela e seu marido esperavam uma filha. O que eles não esperavam é que a menina fosse negra, já que seu marido é caucasiano. Exames de DNA indicaram que os médicos da clínica utilizaram o esperma de outro homen para inseminar os óvulos de Nancy.












 Em 2006, Sherman Sizemore passou por uma cirurgia exploratória para determinar as causas de suas dores abdominais.Mas durante a cirurgia o homem alegou haver experimentado consciência anestésica, um estado em que o paciente pode sentir dor, pressão ou desconforto durante a operação, mas não pode se comunicar ou sequer mover um músculo.

O paciente não recebeu a anestesia geral que o levaria à inconsciência e tiraria a capacidade de sentir dor. Duas semanas após a cirurgia, Sherman tirou a própria vida.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Leave a Reply